Quem vive pedindo sinais a Deus tem uma fé infantil ou, no mínimo, tem uma fé igual à de Tomé, que só acreditou na ressurreição quando viu as chagas de Jesus ao vivo.
Aumentar a nossa fé é acreditar no amor de Deus em todas as situações.
As oferendas e os sacrifícios são benéficos para a alma somente quando não pedimos nada em troca, mas os fazemos para sermos pessoas melhores, que vivem o desapego das coisas passageiras.
Aumenta a fé quem multiplica os gestos de amor e não quem multiplica as orações e penitências.
Viver para o outro é, em síntese, a melhor mortificação e o melhor modo para assegurar o crescimento espiritual.
Não esperemos sinais prodigiosos, pois o maior sinal Deus já realizou, a ressurreição de Jesus.
Agora, mudemos também nós da morte para a vida. Isso significa aumentar a nossa fé.

Apolonio Carvalho Nascimento