Ter o amor como guia é certeza de alcançar a meta. Nós somos filhos do amor, com o amor vivemos e ao amor vamos voltar um dia. A palavra amor talvez esteja um pouco gasta, mal usada, interpretada de modo egoísta, mas o amor vivido não precisa de palavras e é tão atual quanto o momento presente. Se ele falta sentimos a sua ausência e descobrimos o seu valor, se está presente nem sempre lembramos dele, mas ao senti-lo sabemos que é a essência da vida.
Apolonio Carvalho Nascimento