Também este ano os Gen4, as crianças do Movimento dos Focolares, realizam esta ação lembrando a todos o verdadeiro significado do Natal.

Na situação atual, com a pandemia que nos obriga a evitar o contato pessoal, as crianças dos Focolares perguntaram-se o que fazer para se prepararem para o Natal.

“Como é que vamos fazer a ação “Desalojaram Jesus” este ano? Vamos poder nos reunir para fazer as estatuazinhas do Menino Jesus? Vamos poder sair às ruas para dar Jesus às pessoas?”

Nascida em 1997, a ação “Desalojaram Jesus” tem um significado preciso: é não se deixar influenciar pelo consumismo, trazendo os verdadeiros valores de volta ao centro do Natal. A idéia surgiu de uma reflexão de Chiara Lubich, quando estava na Suíça no período antes do Natal.

Caminhando pelas ruas iluminadas de uma grande cidade, Chiara ficou impressionada pelas luzes, pelas lindas decorações, pela riqueza, mas acima de tudo, pela falta de referência ao significado primordial do Natal. E assim ela escreveu: “este mundo rico “roubou” o Natal e todos os seus contornos, e desalojou Jesus! (…) Aposta no Natal para obter o melhor lucro do ano. Mas não pensa em Jesus”.

Assim, desde 1997, milhares de gen4 no mundo inteiro aceitaram o convite de Chiara para trazer Jesus de volta para o centro de Natal.

Nos anos passados, quando não havia a emergência Covid, nas ruas e praças, nos mercados, nas instituições locais, nas escolas, os gen4 ofereciam às pessoas figuras de gesso do Menino Jesus ou presépios de todos os tipos confeccionados por eles mesmos, juntamente com a mensagem escrita por Chiara Lubich intitulada “Desalojaram Jesus”.

Esta ação tem inerente em si a dimensão da “doação”, do pensar no outro: deste modo os gen4 pensam todos os anos em iniciativas em favor de seus pares que, em algumas partes do mundo, como o Menino Jesus, carecem do necessário, enquanto as pessoas que recebem o “Menino” muitas vezes doam espontaneamente uma oferta para os propósitos propostos.

No Natal de 2019, com o dinheiro arrecadado, os Centros Gen4 Mundiais puderam ajudar o “Centro Social Unidade”, em Bogotá (Colômbia), que acolhe crianças emigradas da Venezuela, e o Instituto para Crianças Surdas IRAP, Institut de Réducation Audio Phonétique, do Líbano.

Este ano tudo será um pouco diferente do habitual: a pandemia não permite tanta liberdade, mas não faltam idéias e criatividade para tentar viver esta operação e colocar Jesus de volta no centro do Natal. Como fazer e oferecer as estatuetas de gesso? Na família, com pequenos grupos, nos bairros, nas paróquias, respeitando todas as precauções e regras previstas para combater a pandemia.

Este ano, foi decidido ajudar o “Colégio Fiore”, na Guatemala. Com a crise sanitária, a situação econômica da escola piorou muito e foi necessário suspender temporariamente as atividades escolares. Há uma grande necessidade de apoiá-los com a ação “Desalojaram Jesus”, para que o mais rápido possível muitas crianças possam retornar à escola e em melhores condições.

Para mais informações, visite o site Gen4.