Na carta dirigida aos membros do Movimento dos Focolares em todo o mundo em 26 de março de 2019, a então presidente Emmaus comunicava que “há quase oito anos estamos trabalhando no nosso Movimento, no Centro e nas regiões, para desenvolver estruturas, regras e procedimentos que nos auxiliem a melhorar internamente a promoção do bem-estar e da proteção de menores.”. E prosseguia noticiando que, em 2015 foi constituída no Centro do Movimento a Commissione per la Promozione del Benessere e la Tutela dei Minori (CO.BE.TU.), em português Comissão para a Promoção do Bem-estar e a Proteção Integral de Menores.

A referida comissão atua observando rigorosamente o documento Linee Guida del Movimento dei Focolari per la Promozione del Benessere e la Tutela dei Minori e delle Persone Vulnerabili, documento tornado público em 21 de junho de 2020, elaborado pelo Centro do Movimento e aprovado pela presidência, traduzido nas várias línguas onde o Movimento se encontra presente.

Em consequência, nessa oportunidade apresentamos para todo o Movimento as Diretrizes do Movimento dos Focolares para a Proteção Integral de Crianças, Adolescentes e Pessoas Vulneráveis, em língua portuguesa utilizada em diversos países, incluindo obviamente o Brasil.

Tendo em vista a universalidade linguística desse documento, fez-se necessária a sua revisão e adaptação ao contexto cultural, linguístico e jurídico brasileiros, desta feita na elaboração do documento Manual Prático para a Proteção Integral de Crianças, Adolescentes e Pessoas Vulneráveis do Movimento dos Focolares no Brasil, que está disponível no presente site, no link a seguir.

MUNIR CURY
Coordenador da
COMISSÃO PARA A PROTEÇÃO INTEGRAL DE CRIANÇAS,
ADOLESCENTES E PESSOAS VULNERÁVEIS DO
MOVIMENTO DOS FOCOLARES NO BRASIL (COPAC)