Relembrar os bons momentos passados juntos vale mais a pena do que lembrar as ofensas recebidas. Boas lembranças ajudam a não guardar ressentimentos que enferrujam a delicada engrenagem das relações. Elas nos fazem voltar às origens e a manter viva a genuína motivação de seu nascimento, o amor recíproco. Esquecer as ofensas nos faz lembrar que devemos amar sempre. Perdoar é esquecer ofensas, enquanto amar deve ser a única ​recordação​ ​n​a relação.
Apolonio Carvalho Nascimento