Após contar sua experiência em educação na Sessão Especial da Câmara Municipal de Salvador em memória de Chiara Lubich, por ocasião do 10º aniversário de seu falecimento, a Amélia Silva, membro do Movimento dos Focolares na Bahia, teve a oportunidade de criar um grupo de Whatsapp com interessados sobre o Projeto Educação para a Paz.
Ao todo, 24 participantes de diferentes áreas como educação, saúde, igreja, além de pais de alguns de seus alunos. Todos ávidos por compreender um pouco mais sobre o Projeto que tem como base a Arte de Amar e o Dado da Paz, desenvolvidos no âmbito do Movimento dos Focolares e aplicados na educação de crianças e jovens.
Uma prova de que a comunicação online tem sim muito potencial para difundir o bem, a unidade e a paz. 

Foi então que neste grupo surgiu a proposta de extrapolar os limites do digital e realizar a Oficina do Dado da Paz para ensinar a quem desejasse a metodologia, os objetivos, e também como montar os dados.
Com a participação dos envolvidos no grupo, amigos e a comunidade do Movimento dos Focolares na Bahia, a Oficina do Dado da Paz aconteceu no último dia 31, no Parque da Cidade – Itaigara, em Salvador.
Dentre o público, crianças, jovens, adultos e idosos, e algumas pessoas que passeavam no parque e se juntaram à iniciativa.
O grupo praticou técnicas de respiração, meditação, pintura de mandalas, recitação de mantras, músicas, montou diversos dados e realizou uma oração pela paz no mundo.

As atividades desejaram exprimir e conscientizar que a paz está dentro de cada um de nós e que devemos levá-la aos nossos ambientes, para todas as pessoas.
As mandalas e alimentos não perecíveis foram doados para uma instituição que trabalha com crianças carentes.
Andreia, que participou com os filhos, conta a sua impressão: “Foi uma maravilha. Francisco chamando a irmã para jogar o dado. O que parece apenas uma brincadeira, podemos fazer esse exercício no amor, sair de si. Fiquei muito contente, ver a harmonia das oficinas e o resultado. Trabalhar juntos, construir juntos, ultrapassar barreiras, criar possibilidades. Vamos repetir, fazer crescer essa experiência em todos os lugares, até que todos possam experimentar. Obrigada muitíssimo
Outras impressões:
“Um momento de graça em meio aos acontecimentos. Olhando a natureza, o dado, as pessoas…senti a presença de Deus e uma centelha de paz que pode se espalhar por vários lugares.”
“Momento de paz intensa, construído com Jesus no nosso meio, momento de sorriso verdadeiro, momento de usar a criatividade e a harmonia na construção das Mandalas, no grupo o qual fiquei, aquela construção me trouxe uma paz enorme, a meditação, as músicas, enfim, momento de quero mais, devemos construir outras oficinas dessas!!”