29 de julho é o último dia de 2021 em que a Terra coloca seus recursos à disposição do homem. Como ir contra este desperdício com uma mudança de rota? Os jovens do Movimento dos Focolares iniciaram dois projetos sobre a conversão ecológica.

overshoot day (ou Dia da Sobrecarga da Terra) é a data simbólica que indica que o homem consumiu todos os recursos que a terra tem condições de recompor em um ano. Para dar um exemplo banal, imagine que em um ano cresçam 100 novas árvores na terra, mas nós, seres humanos, derrubamos mais de 100. O Dia da Sobrecarga da Terra indica o dia em que a humanidade derruba a árvore número 101.

Este ano o Dia da Sobrecarga cai em 29 de julho.

Exatamente assim, a partir de hoje, até o fim do ano, iremos consumir mais recursos do que podemos nos permitir. E, apesar disso, desconfio que hoje não lhe parece um dia tão diferente de ontem. Enquanto está lendo você não está preocupado, assim como as pessoas que você encontrou durante o dia não pareciam preocupadas, e nem estarão as que irá encontrar até a hora de ir dormir.

Quero que você saiba de uma coisa: não é culpa sua. Você não é um insensível, alguém que não dá bola nenhuma e que não se interessa pelo ambiente do planeta. Você não está preocupado porque, assim como eu, já se habituou a este tipo de notícia sobre a crise climática.

E quando nos habituamos a algo deixamos de percebê-lo como uma emergência. As notícias sobre a crise climática fazem parte da nossa rotina, do nosso dia-a-dia. E há o perigo de que o fato de nos habituarmos a escutá-las nos faça perder a vontade de agir para mudar as coisas. Acontece também comigo, que estou escrevendo, e isso me entristece. Contudo, tenho uma boa notícia.

Nem todos ficam inermes diante dessas notícias desoladoras. Há quem tenta agir pela mudança. Falo, por exemplo, dos jovens do Movimento dos Focolares, que estão se movimentando para dar a própria contribuição com dois projetos que enfrentam precisamente o tema da utilização dos recursos e da ecologia.

PATHWAYS – As pessoas, o planeta e a nossa conversão ecológica

O primeiro projeto, chamado “PATHWAYS – As pessoas, o planeta e a nossa conversão ecológica”, é uma campanha de sensibilização e ação, inserida no plano “Caminhos para um Mundo Unido”, que tem a duração de seis anos.

No ano 2021-2022, o Movimento Juvenil pela Unidade, os Jovens por um Mundo Unido e a associação New Humanity, promotores da iniciativa, se comprometerão com ações em nível local e global, com um tipo de trabalho em três fases:

  • Learn /Aprender – estudar e informar-se para dar fundamentos à própria ação.
  • Act /Ação – agir.
  • Share /Compartilhar – partilhar as próprias ações nas mídias sociais com a hashtag #dartocare

ZERO HUNGER

O segundo projeto está relacionado com os recursos alimentares do nosso planeta. Há alguns anos, os adolescentes e jovens do Movimento dos Focolares começaram a dar uma ajuda à FAO, atuando no projeto “Zero Hunger”,que tem como objetivo a redução da fome no mundo.

Neste momento, uma equipe internacional está trabalhando na coordenação de atividades globais, mas sem esquecer o aspecto local do tema, com atividades e iniciativas no próprio território.

Luigi Muraca – Redação Teens

Texto originalmente divulgado no site oficial do Movimento dos Focolares.

Participe você também

E você, já pensou em como fazer sua parte? Convide o seu grupo de amigos para elaborar uma ação sobre os projetos neste momento que o nosso planeta tanto precisa.