Proteger os indefesos significa defender a vida em todos os seus estágios, desde a criança que ainda não nasceu ao ancião abandonado; desde as crianças vítimas da fome ou de abusos de todos os tipos até os pobres injustiçados ou os doentes negligenciados.
Não é necessário sermos heróis famosos, basta que sejamos heróis anônimos do cotidiano, heróis de prática diária de uma caridade que chega aos mais necessitados, aos indefesos, aos esquecidos.
Certa vez eu estava indo ao trabalho quando vi um senhor que ajudava um idoso a caminhar, pois tinha uma perna ferida. Resolvi parar e oferecer carona aos dois. Eles estavam indo a um hospital.
O senhor que ajudava o idoso não o conhecia. Encontrou-o na rua, ferido e sozinho e decidiu acolhê-lo em sua casa e cuidar dele.
O meu ato de amor pareceu mínimo diante de tamanha generosidade, mas aprendi o que significa proteger os indefesos.

Apolonio Carvalho Nascimento