Para ser portador de uma alegria verdadeira, que não é euforia nem mera diversão, devo responder à seguinte pergunta: como posso encontrar a plenitude da alegria?
A resposta é uma só: vivendo para o bem. Fazendo aquela que é considerada a maior vontade de Deus para nós: a vida do amor recíproco.
Difundir a ideia do “Amai-vos uns aos outros” é garantia de felicidade para mim e para os outros, pois onde o amor impera a tristeza não governa.

Apolonio Carvalho Nascimento