A tolerância e a aceitação são os primeiros passos em direção ao diálogo.
Os nossos relacionamentos podem se tornar sólidos se desde o início existir a tolerância.
Nós somos diferentes em muitas coisas: formação, preferências, ideias, escolhas. Por essa razão, a tolerância e a aceitação são importantes. Elas favorecem o respeito mútuo e o diálogo.
O respeito que valoriza a diferença do outro, e o diálogo, que não é tanto o falar, mas o escutar.
Quando conseguimos chegar ao diálogo, o passo seguinte é a comunhão, que significa um enriquecimento recíproco através das diferenças, que já não mais separam, mas unem.
O ápice do relacionamento é a unidade, quando nos tornamos uma coisa só, mesmo se as diferenças ainda existem. É a tão almejada e conhecida: unidade na diversidade.
E tudo começa com o ser tolerante para com todos.

Apolonio Carvalho Nascimento