O amor se renova a cada instante e nunca dá por concluída a sua obra. Cada gesto deve ser um amor novo que se exprime com exclusividade para cada pessoa. Quanto mais nos custa mais intenso deve ser, quanto mais sacrifício exige mais valioso se torna porque se assemelha ao amor extremo de Jesus por cada um de nós. Se conseguirmos renovar cada momento o nosso empenho em amar a todos, reconhecendo a presença de Jesus em cada um, sem fazer distinções ou acepção de pessoas, tomando sempre a iniciativa, veremos renovados também os relacionamentos e os afetos. Alcançaremos a pureza de coração e herdaremos uma terra nova e um céu novo.
Apolonio Carvalho Nascimento