Dizer palavras bonitas, comoventes, é apenas uma questão de retórica.
Todavia, podem ser palavras vazias se não forem fruto de uma experiência vivida no amor e na coerência.
Se tenho um coração sincero, a verdade está sempre ao meu lado.
Quando o meu falar está em acordo com o meu agir, sou sincero antes de tudo comigo mesmo.
Quando o meu amor é serviço cumprido com pureza de coração, sem nenhum tipo de interesse, é um amor sincero.
Há uma diferença entre afeto e amor. O afeto é aquilo que eu sinto pelas pessoas, enquanto o amor é aquilo que eu faço para as pessoas.
Quando compreendo bem essa diferença, eu amo com um coração sincero.

Apolonio Carvalho Nascimento