“Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” (Jo 13,35)
Este deve ser o nosso distintivo: o testemunho do amor mútuo. Porque onde está o amor aí está Deus.
A presença de Jesus entre dois ou três que se unem em seu nome e que se amam como Ele os amou é real.
As pessoas percebem que há alguém a mais em meio àqueles que se amam, por isso, o nosso testemunho é verdadeiro: Deus está entre nós.
A presença de Deus entre nós não deve ser apenas uma meta, um ponto de chegada. Deve ser o ponto de partida antes de qualquer atividade, antes de qualquer ação individual ou coletiva.
Assim poderemos testemunhar, de modo efetivo, a presença de Deus, por meio desse amor que nos une.

Apolonio Carvalho Nascimento