Quem age com generosidade afasta de si muitos pecados: a inveja e ao mesmo tempo a cobiça, porque pensa somente em doar; a soberba, porque age sempre com a humilde atitude de serviço; a avareza, porque o seu pensamento é de ter para compartilhar; o egoísmo, por ser justamente o seu oposto; a ira, porque pensa somente no bem do outro.
Quem é generoso irradia o bem, pois age motivado pelo amor.
Porém, nunca usemos medidas humanas para medir a generosidade. Usemos as medidas do amor. A generosidade máxima está em um gesto simples como dar um sorriso e um bom dia, tanto quanto em doar todos os próprios bens aos pobres.
A generosidade não é quantitativa, é algo que vai de coração a coração. Por isso, a irradiação do bem que dela provém é silenciosa, mas eficaz.
Fazer o bem, sendo generoso. É o que Deus quer de cada um de nós neste dia.

Apolonio Carvalho Nascimento