Geralmente, falamos de entregar tudo nas mãos de Deus com a resignação de quem está diante do inevitável. Não é errada essa atitude, porém, é como se o fizéssemos por não encontrar outra saída.
Hoje, proponho lançarmos nas mãos do Pai realmente tudo: nosso sucesso, nossa segurança, tudo o que está bem, todas as facilidades, todo o bem-estar, a saúde, o bom trabalho que temos, a família unida, os filhos saudáveis, nossos projetos bem-sucedidos. Tudo, sem deixar nada de fora. Entregar tudo; e por fim, também as nossas preocupações e as nossas dores.
Quando lançamos nas mãos do Pai todas as preocupações, reencontramos tudo revestido por Sua Luz.

Apolonio Carvalho Nascimento