Anúncio e serviço: são duas ações que não podem ser praticadas separadamente, para quem quer ser emissário do amor.
Foi o exemplo que Jesus nos deixou antes de nos enviar em missão como anunciadores da Boa Nova.
O seu ensinamento tem autoridade porque vem depois do exemplo: amai-vos como eu vos amei; não vim para ser servido, mas para servir; se eu, o Mestre e Senhor, vos lavei os pés…, etc.
Sejamos anunciadores e testemunhas do Evangelho, primeiramente com gestos concretos, depois com palavras.
Agir antes de falar faz com que o nosso testemunho seja verdadeiro. Aliás, serão os outros que darão testemunho sobre o nosso amor e será o próprio Deus que testemunhará a nosso favor.

Apolonio Carvalho Nascimento